Política

Saúde, educação, segurança e questão hídrica terão prioridade no governo de Camilo

Austeridade e novos desafios! Assim, Camilo Santana inicia seu segundo mandato como Governador do Ceará. Em discurso de possa na tarde dessa terça-feira, 1º, Camilo diz que começará o novo mandato com “mais vontade ainda de lutar por um Ceará mais justo”.

Os jornalista Luzenor de Oliveira e Beto Almeida, no Bate Papo Político do Jornal Alerta Geraldesta quarta-feira, 2, destacaram as quatro áreas apontadas pelo Governador que terão prioridades na gestão: saúde, educação, segurança e segurança hídrica. A ideia é aumentar capacidade de investimentos no Estado.
Camilo Santana, em entrevista, durante a posse:

Para o jornalista Beto Almeida, as prioridades refletem as principais demandas do cearense. De modo mais evidente, a gestão penitenciária é uma boa novidade que, segundo o Governador, receberá mais investimentos e maior atenção. No último dia 31 de 2018, Camilo já havia anunciado 220 agentes penitenciários que serão incorporados em Março deste ano.
O Governador frisou, também, a necessidade de manter um diálogo com o legislativo e pediu apoio dos deputados para aprovação de demandas positivas ao Ceará. “Volto a lembrar, vocês estarão trabalhando não para mim, mas para todo o povo do Estado do Ceará“.
Camilo Santana, em discurso de posse:

André Costa e Segurança

Sobre a manutenção de André Costa na pasta de Segurança, o jornalista Luzenor de Oliveira questionou se os índices de violência do Estado não alertam para a necessidade de mudança no secretariado. Os assassinatos, no Ceará, passam de 4,46 mil em 2018 (2º ano mais violento da história do Estado), segundo relatório diário de ocorrências da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS).

O jornalista Beto Almeida diz concordar com o Governador, que afirma estar fazendo um bom trabalho junto ao secretariado. Para Beto, há uma “expectativa do diálogo com o Governo Federal” no combate ao tráfico de drogas atingindo, principalmente, as regiões fronteiriças.
Camilo sobre a continuidade de André Costa:

Mais destaques

MDB contemplado no Governo do Ceará

Eunício Oliveira tem dois nomes no secretariado do Estado: Rogério Pinheiro (Pasta de Esporte e Juventude) e Aloísio Carvalho (na
Secretaria da Controladoria e Ouvidoria do Estado).
Beto Almeida destaca a manutenção de pastas ligadas aos Ferreira Gomes. A Secretaria de Cidades, que estava sendo disputada por uma indicação de Eunício, acabou indo parar com nome ligado aos Ferreira Gomes.

Cid Gomes – Enormes desafios pela frente

Não somos e nunca seremos de pedir esmolas ao Governo Federal“. É o que diz o senador Cid Gomes, que declarou que “(seu) dever é dar um crédito de confiança”. Para Beto, isso afirma sua postura de moderação diante das dificuldades. O ideal é que prevaleça os interesses de uma agenda entre Estado e Governo Federal.

Rasteira em Gorete

Para o jornalista Beto Almeida, a grande frustração foi a não indicação da deputada Gorete Pereira à alguma pasta do secretariado. Segundo o jornalista, a liderança de Gorete no Partido da República (PR) foi essencial para quebrar o bloco de oposição ao governador Camilo Santana. “Ela aniquilou a oposição“.
Acompanhe o Bate Papo completo:

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close