Policial

MP-GO denuncia João de Deus mais uma vez por abusos sexuais

Médium foi denunciado por estupro contra seis mulheres durante atendimentos espirituais; uma delas é cega. É a 9ª denúncia contra ele, que sempre negou as acusações.

O Ministério Público do Estado de Goiás (MP-GO) denunciou João de Deus mais uma vez por crimes sexuais. Segundo o órgão, neste caso, ele responde por estupro de vulnerável contra seis vítimas. Os crimes, apontam a investigação, teriam ocorrido em uma sala privada durante os atendimentos espirituais que realizava, em Abadiânia, no Entorno do Distrito Federal.

Está é a 9ª denúncia contra o médium. Ele se tornou réu nas outras oito após a Justiça acolher os pedidos do MP (veja abaixo). Ele sempre negou as acusações.

G1 entrou em contato com o advogado de João de Deus, Alberto Toron, por mensagem de texto, às 9h23 desta terça-feira (28) e aguarda retorno.

O médium foi preso em 16 de dezembro do ano passado. João de Deus foi internado no Instituto de Neurologia de Goiânia em 22 de março a pedido da defesa e com autorização da Justiça. O G1 entrou em contato com a unidade de saúde na manhã desta terça-feira e aguarda retorno.

De acordo com o MP, duas vítimas são do Paraná. As outras residem no Distrito Federal, São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais.

Os promotores informaram que uma das mulheres é cega e que todas as outras apresentavam algum tipo de vulnerabilidade que justifique a tipificação do crime.

O órgão revelou ainda que constam com testemunhas desta denúncia outras quatro vítimas, cujos crimes já prescreveram.

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close

Adblock detectado

Por favor, considere nos apoiar, desativando o seu bloqueador de anúncios