Política

Governo trabalha reforma previdenciária sem a volta de estados e municípios

O parecer será lido nessa terça-feira e, até a abertura da reunião da comissão especial, o presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia (DEM), tenta a última cartada para as mudanças na previdência social abrangerem servidores estaduais e municipais.

O Governo Federal trabalha com um cenário de uma reforma previdenciária sem estados e municípios no parecer elaborado pelo relator deputado Samuel Moreira (PSDB-SP).

O parecer será lido nessa terça-feira e, até a abertura da reunião da comissão especial, o presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia (DEM), tenta a última cartada para as mudanças na previdência social abrangerem servidores estaduais e municipais.

O sentimento entre os aliados do Palácio do Planalto, como antecipou, nesta segunda, o Jornal o Globo, não é de tanto otimismo. Segundo a reportagem, o governo não tem expectativa de que estados e municípios sejam  incluídos na reforma da Previdência , apesar do empenho do presidente da Câmara dos Deputados.

Há resistência de alguns governadores, como, por exemplo, Maranhão, Bahia e Pernambuco – todos de oposição, para os estados e municípios entrarem no texto final da reforma previdenciária. A exclusão dos estados e  municípios gera preocupação para o Governo Federal que teme, no futuro, bancar a conta da previdência social de servidores estaduais e municipais uma vez que os gastos nessa área tem sido crescentes.

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close