Ceará

Dos segurados que entram com pedido no INSS na Grande Fortaleza, 30% não têm direito a aposentadoria

Em entrevista, o gerente executivo do INSS em Fortaleza, Francismar Lucena, mostra preocupação com a grande demanda e quantidade escassa de servidores

O prazo de 45 a 60 dias para que segurados saibam se têm ou não direito a determinado benefício do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) fica, com a grande demanda e poucos profissionais, cada vez mais distante. No entanto, o gerente executivo do INSS em Fortaleza, Francismar Lucena, afirma que, na Capital, 30% desses segurados ainda não têm direito aos benefícios. Para ele, a ansiedade diante da proposta de reforma da Previdência é a principal responsável por isso.

O secretário mostra preocupação a quantidade escassa de servidores. Segundo ele, só na Grande Fortaleza – onde 37 agências do INSS estão localizadas – 179  servidores se aposentaram e, mesmo com reposição, o Instituto trabalha sob regime de prioridades ao conceder os benefícios – salários maternidades e pensões por morte. Ainda que com muita demanda, Francismar diz que o INSS não deixa os requerimentos de aposentadoria parados.

Fizemos uma seleção de servidores que trabalhavam em retaguarda. Deixamos uma equipe exclusivamente para conceder benefícios de salário maternidade e pensões, e concessões de aposentadoria.

Principais demandas

Questionado pelo jornalista Luzenor de Oliveira sobre o que exige mais do INSS, o gerente executivo afirmou que o benefício de amparo assistencial – que tem uma demanda de 37 mil pessoas só na Grande Fortaleza (40%) – é o que demanda mais esforços. O benefício é destinado à pessoa portadora de deficiência e ao idoso com 67 anos ou mais que comprovem não possuir meios para sobreviver.

Para tentar atender aos pedidos os funcionários estão trabalhando em mutirão aos sábados, domingos e feriados, além de agilizar aposentadorias automáticas – prontas para serem concedidas, mas ainda embargadas pela falta de profissionais – por meio de uma ferramenta digital que não necessite do auxílio de um técnico do INSS. Segundo ele, alguns benefícios precisam da avaliação de um profissional, que faz com que o pedido demore ainda mais.

Caminhos da Aposentadoria

O programa do Jornal Alerta Geral sobre os Caminhos da Aposentadoria presta um serviço semanal de informar quais os direitos e deveres do contribuinte. Retransmitido aos sábados, a partir das 7 horas, pela Fm 104.3 na Grande Fortaleza e em mais 26 emissoras no Interior do Estado, o programa conta com a participação de advogados da área previdenciária que, principalmente diante das mudanças na Previdência, chegam ao cidadão para sanar dúvidas.

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close